Os trabalhos de restauração da Mina de Santa Engracia em Peñalén não param! Embora a maior parte da área afetada pela atividade mineira já tenha sido restaurada, os trabalhos continuam numa pequena área da corta da mina e a superfície da antiga face da mina foi ampliada para ser restaurada com o método Talud Royal.
De 12 a 14 de fevereiro, o próprio Paul Royal, criador do método Talud Royal, visitou e supervisionou os trabalhos de restauração da antiga frente mineira. Anteriormente, a GEOMEX S.L. tinha efetuado um desmonte controlado para fraturar a rocha de acordo com o desenho feito por Paul Royal e, de 12 a 14 de fevereiro, a empresa Pérez y Cayuela S.L. estava a realizar trabalhos de remoção de rocha com uma retroescavadora para deixar um acabamento adequado. Todos estes trabalhos estão a ser realizados sob a supervisão da TRAGSA e da direção do projeto LIFE RIBERMINE.

Máquina em operação na restauração da antiga frente mineira seguindo o método Talud Royal

Simultaneamente, também se realizaram trabalhos de espalhamento de um corretivo orgânico (estrume) num longo talude que já tinha sido remodelado anteriormente. Neste caso, o trabalho foi efetuado pela empresa Albar Forestal S.L. e necessitou de uma grua de grandes dimensões (Grúas Fraile) para poder elevar o material até ao cimo do talude, a partir do qual os trabalhadores o espalharam com perícia.
É certo que estes trabalhos estão um pouco atrasados devido às intempéries, mas, a pouco menos de um mês da conclusão do projeto, o aspeto dos espaços restaurados é espetacular e falta pouco para colocar a “cereja no topo do bolo”.

Trabalhos de aplicação da emenda orgânica, estrume, com ajuda de uma grua telescópica