A 29 de setembro de 2020, realizou-se a visita do presidente da Confederación Hidrográfica del Tajo (Confederação Hidrográfica do Tejo), Antonio Yáñez; o comissário das águas, Javier Díaz-Regañón e pessoal técnico da citada Confederação, aos trabalhos do projeto LIFE RIBERMINE, acompanhados pelos parceiros do projeto integrado por investigadores da Universidade Complutense de Madrid; os representantes da empresa CAOBAR S.A., responsável pela execução das obras de restauro e a Direcção-Geral de Transição Energética, pertencente à Consejería de Desarrollo Sostenible (Departamento de Desenvolvimento Sustentável), encarregue da coordenação do projecto.
O evento contou também com a presença do Vice-ministro do Desenvolvimento Sustentável, Fernando Marchán, que teve a oportunidade de visitar os locais das ações e acompanhar o andamento das fases do projeto. De igual modo, há que destacar a presença da Direção do Parque Natural del Alto Tajo (Parque Natural do Alto Tejo), José Antonio Lozano.

A jornada teve lugar nos municípios de Peñalem, onde se desenvolvem as ações do projeto, e de Poveda de la Sierra, na província de Guadalajara. Este projeto é dedicado à restauração da antiga mina de Santa Engracia, localizada no entorno do Parque Natural do Alto Tajo. Atendendo a que um dos objectivos fundamentais do projecto LIFE RIBERMINE é reduzir a pressão hidromorfológica da antiga actividade mineira na seção superior do rio Tejo, receber a visita dos representantes da Confederação Hidrográfica do Tejo é fundamental pelo seu papel de colaborador necessário neste projeto, tendo havido a oportunidade de conhecer todas as implicações que o projeto LIFE RIBERMINE vai ter neste ambiente de elevado valor ecológico.

Visita da CHT juntamente com o Vicepresidente de Desarrollo Sostenible e alguns dos parceiros de LIFE RIBERMINE. A comitiva incluía Antonio Yáñez (Presidente de la CHT), Javier Díaz-Regañón, Comisario de aguas), Fernando Marchán (Viceconsejero Desarrollo Sostenible), Javier de la Villa, José Antonio Lozano e Francisco Delgado (JCCM), Lázaro Sánchez (CAOBAR S.A.) e José Francisco Martín (UCM).

Skip to content